segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Devocional: “Refugando o lixo”

“Eu as considero como esterco para poder ganhar a Cristo e ser encontrado nEle..Quero conhecer Cristo” Filipenses 3:8-10

Quando Paulo diz que considera as coisas que perdeu como “esterco” (ou “lixo” conforme a TEB), ele não quer dizer apenas que não lhes atribui nenhum valor, mas também que não tem mais aquelas coisas em mente.
Que pessoa normal passaria o tempo todo sonhando nostalgicamente com esterco? Porém, é isto que muitos de nós, de fato, estamos fazendo. Isto mostra quão pouco temos alcançado do verdadeiro conhecimento de Deus.
Não há espaço para idéias inúteis na mente dos que realmente conhecem a Deus. Eles não ficam pensando em como poderia ter sido. Eles nunca pensam nas coisas que perderam, mas apenas no que ganharam.
“Mas o que para mim era lucro, passei a considerar como perda, por causa de Cristo” escreveu Paulo. “Mais do que isto, considero tudo como perda, comparado com a suprema grandeza do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor, por quem perdi todas as coisas” (Fp 3.7-8).

Para meditar: Quais as suas “posses” valiosas que devem ir para o lixo? Escreva uma oração “lançar ao lixo”. Leia Filipenses 3:4-6 para obter sugestões.



-- Por J.I.Packer no devocionário “O conhecimento de Deus apo longo do ano”--

5 comentários:

Onésimo Mesquita disse...

De fato esse deve ser o nosso pensamento, pois tudo que ele nos deu é muito maior.
Esse devocional me deixará refletindo por alguns dias.

Meire disse...

É verdade, amados irmãos!
Muitas vezes ocupamos nossa mente com coisas inúteis e, por isso mesmo tropeçamos!!! Que Deus seja nosso pensamento costante e que possamos a cada dia buscá-lo mais!
Parabéns pelo trabalho de vocês e que o Senhor possa guiá-los sempre!
A Paz...

FilosoVida disse...

Ir. Paulo César

Amados!!!

As pessoas não se deram conta do quão é valioso a presença de Deus em nossas vidas. A "Boa Inveja" seria a aceitação de Jesus como Único e Verdadeiro Salvador de vossas almas. Contudo, sabemos que estas aceitação depende somente do Pai, e que Ele propõe o momento certo para a "Nova Vida".
As pessoas preferem "adorar" as coisas banias do mundo, em troca de satisfazer seus próprios desejos. Se bem soubessem que a verdadeira felicidade está no contato intrínseco com Jesus, presente sempre em nossos corações.

cincosolas disse...

Amado,

Tudo depende do valor que Cristo tem para nós. Quanto mais Cristo vale, menos essas coisas tem importância, e vice-versa.

Em Cristo,

Clóvis

claudio pimenta disse...

Realmente otimo o blog e as postagens tem uma qualidade fenomenal

gostaria de pedir aos amados que aceitem o blog de um quase reformado , quase arminiano no holl de blogs que voces visitam


www.exejegues.blogspot.com